22 de jan de 2007

Do início....para uma boa fotografia


Quais seriam os cuidados fundamentais para uma boa foto?“ Já ouvi esta pergunta inúmeras vezes...e pretendo discorrer um pouco sobre alguns pontos a este respeito.Um erro clássico de muitas fotografias está no fato da atenção do olhar se fixar na pessoa ou o assunto, em geral bem no meio do quadro, e simplesmente ignorar todo o restante do quadro. Assim a foto perde uma gama de possibilidades de trabalhar as informações que estão em todo espaço ao seu redor. Logo, podemos tentar resolver este ponto movimentando as pessoas e objetos e/ou elementos da natureza num dialogo de espaços, e para isso, vai ajudar em muito se na hora de fotografar ou ate mesmo antes, criarmos imaginariamente uma trama , uma espécie de jogo da velha no quadro a ser fotografado, cujo nome técnico é: – Regra dos Terços Experimente fazer isso com qualquer imagem que esteja perto de você agora. Ao criar esta malha imaginaria, imediatamente percebemos que deixamos de ter apenas um centro a ser ocupado, mas sim nove espaços (talvez valha a pena desenhar isso num papel hein?!). Pois bem, temos quatro linhas pra fazer um jogo da velha, certo?! Os encontros destas linhas são denominados pontos áureos, fundamentais, ou cardeais, da sua imagem. Ao fotografar uma pessoa procure posiciona-la numa dessas duas linhas verticais. Deste modo vai sobrar um espaço grande pára a ocupação de um fundo, para se estabelecer um diálogo entre o primeiro e o segundo plano da sua imagem, seja ele algum elemento da casa, uma arvore uma planta, apenas uma parede, enfim. A idéia é começar a alargar o quadro, como se estivéssemos empurrando com as duas mãos um quadro que normalmente achamos muito apertado, mas que na verdade não é! Experimente, jogue o seu comentario, visite o site www.mickele.net ... e qq coisa grite pelo mail! mickele.net@gmail.com bjs&abs m

2 de jan de 2007

A Encrenca Digital?!



A explosão do consumo de câmaras fotográficas de tecnologia digital de imagens, está relacionada aos preços acessíveis e também pela facilidade de uso desta tecnologia. Nunca antes na história foi tão fácil registrar tudo e todos. Seja com um câmara ou com um celular que possua uma câmara embutida.
.....
Na prática várias pessoas estão clicando muitas coisas, inclusive devem estar fazendo isso exatamente neste momento que você está lendo isto.
Porém, nem sempre foi assim... Durante muito tempo a fotografia era uma caixa preta para poucos... Por causa do esforço e do custo. Então diria que o que está acontecendo é benéfico, mas também é nocivo.
...
Vivemos atualmente um momento problemático. A fotografia profissional de serviços está ameaçada.
Não porque todos que clicam a rodo estejam agora estudando todas as regras e técnicas da boa composição fotográfica, mais o controle de luz & sombra, recebendo aulas com as devidas orientações de enquadramento, trocando com professores e profissionais sobre a correta relação com os modelos e/ou estudando o trabalho dos grandes mestres da história da imagem para terem referência do que fazer na hora do clic... Absolutamente não estão!
....
Porém dentro do universo dos serviços fotográficos gerais os famosos “freelas” estão desaparecendo, porque o que um olho treinado consegue claramente perceber estar fraco & pobre não é percebido por quem paga a conta, o contratante. Ele está mais que satisfeito em ter apenas um registro do acontecimento e um valor muito, mas muito menor para pagar.... Logo ..... bem......ts,ts,ts..... continua depois, mas se quiser buzinar manda ver nos comentários...bjs&abs

mickele.net@gmail.com